Post do Zé

Zé & Lama Yeshe

Zé & Lama Yeshe

O Zé é um daqueles alunos que faz parte da turma que, como diz a LT, é tão antiga quanto o pó – frequentou o OL da Araés, de lá pra Vila Olímpia, foi nosso vizinho na Aclimação, mudou junto para a Brigadeiro (no famoso ap 15) e é nosso mais antigo  e querido “unze”. Para quem conhece a figura, é fácil visualizar cada palavra quase que saindo da boca dele.

Quando repeti de ano.

Era janeiro de 2001. Eu havia participado do retiro de Dzogtchen no ano anterior e em outubro de 2000, durante os 100.000 tsogs de Matinhos (PR) pedi a S. Ema. Chagdud Tulku Rinpoche para participar do na época chamado de segundo ano. Ele consentiu, corri para contar a Lama Tsering que abriu um sorriso de mãe orgulhosa.

Muito bem, cheguei ao retiro me achando o tal. Nos primeiros dias o 1º, 2º e 3º anos estavam juntos no shrine do Khadro ling. Num determinado momento Rinpoche anunciou que o 1º ano permaneceria no shrine e os outros deveriam pegar suas coisas e subir para as casas de retiro. Eu comecei a arrumar minhas coisas e via alunos mais velhos surpresos de me ver “subindo”.

Pronto! Eu estava na glória! Rá, eu sou leonino. O orgulho transbordava na minha cara quando, de repente, eu olhei para a esquerda na direção do trono: o Rinpoche estava me olhando fixamente e extremamente (extremamente mesmo) irado. Minha sensação era de que ele estava vendo aquele orgulho todo e só faltava me bater. Tentei me esconder, fazer de conta que era humilde, meditar… socorro! Ele não tirava os olhos de mim. Experiência inesquecível.

Algo dentro de mim dizia: ai, ai, ai…

Enfim, fui para o segundo ano, e realmente devo admitir que não estava preparado. Fiz uma pergunta à Lama Ieshe que era a preceptora do grupo. A resposta veio no dia seguinte: o Rinpoche mandou você de volta para o 1º ano!!!

Dica para meus vajra brothers and sisters mais jovens: não façam perguntas imbecis num retiro de Dzogtchen.

Grande ensinamento popular: boca fechada não entra mosquito.

Peguei carona com a Maria Ruth para descer com minha malinha nas costa e meu rabo entre as pernas. Entrei no shrine e ainda levei uma bronca na frente de todos por uns vinte minutos. Ai, ai, ai…

Mas devo confessar, sem querer fazer bonito: aquele retiro deu todo um sentido para minha vida que até hoje, quando lembro, meus olhos se enchem d’água.

Que alguém possa se beneficiar.

Anúncios

Sobre blogsattva

Somos o blog da comunidade do Chagdud Gonpa Brasil - Templo Odsal Ling. Estamos localizados na Rua dos Agrimensores, 1461, Cotia, São Paulo, CEP 06715-580, Brasil (travessa estrada do Capuava - acesso via Raposo Tavares) We are the blog of the community of the Chagdud Gonpa Brasil - Temple Odsal Ling. We are located at Rua dos Agrimensores, 1461, Cotia, São Paulo, CEP 06715-580, Brasil (at the corner of estrada do Capuava - access via Highway Raposo Tavares).
Esse post foi publicado em Colaboradores, Retiros e marcado , . Guardar link permanente.

13 respostas para Post do Zé

  1. Andréa disse:

    Adorei, Zé! bjs

    • Joana disse:

      Zé-meu-lindo,
      Amei querido irmão verdadeiro!
      Um grande abraço,
      Que todos os seres possam se beneficiar do seu amor pelo Grande-Amado Rinpoche!!!!!!
      Cheiros,
      Jo.

  2. Caru disse:

    como irmã e “talvez” melhor amiga, devo dizer que pra esse leonino, ‘repetir de ano’ foi uma lição e tanto.
    eu me beneficio por tê-lo sempre por perto e com esse post, claro!
    amor, caru.

  3. Victor Morales disse:

    Senti a mesma sensação quando eu estava de “umze” e tentei te imitar num tsog durante o Sagadawa.
    Voce virou pra mim com o olhar de “nao inventa, faz o basico… “. Virei uma poça de suor.
    O orgulho realmente nos machuca quando ferido. E acho que o meu se recupera bem rápido. Voce sabe do que estou falando…
    Saudades de voce amigão.
    Grande abraço.

  4. Marcelo Marcolino disse:

    Tomou?!
    He,he,he!

  5. Biggi disse:

    Oi Zé
    Que bom ter noticias tuas! Obrigada por me mandar esse link.
    Beijão e saudades!
    Biggi

  6. Helaisse Magarinos disse:

    Oi Zé,
    Obrigada por compartilhar esse baita aprendizado.
    Abçs e saudades !
    Helaísse.

  7. Rigpa disse:

    Oi Zé!

    Muito legal!

  8. André Vaccaro disse:

    Hahahaha!
    Zé, meu irmãozinho queridaço!
    Você é um dos que mais me ensina e me ensinou sobre como controlar (ou tentar…) o orgulho – aprendo e aprendi muito com você – com esta história e outras que vc me contou, vejo que sua sabedoria só aumenta, e auxilia os outros também.
    Saudades de você e de toda a Sangha!

    Abraços
    No Dharma
    André

  9. André Vaccaro disse:

    A propósito…
    Rsrsrs.. Vc bem sabe que tomei vááááárias pancadas pesadas – não do Rinpoche, que não tive méritos suficientes para conhecer pessoalmente, mas… Dos Lamas, e muito, mas muito mesmo – todo dia – do tal Samsara!!! kkkk
    Mas olha, tenho que tomar muito mais ainda, inúmeras vidas, prá aprender um pouco.

    VITÃO, como vc tá, cara?

    Tashi Deleg a todos

    Que todos possam se beneficiar com este aprendizado do Zé – e que um dia eu consiga aprender ao menos um pouquinho só!!!!

    • disse:

      Gostaria de agradecer ao Clóvis por ter me incentivado a escrever e ter efetivamente postado o texto. Valeu japonês, meu irmão!
      E também de agradecer a todos que comentaram no blog e que me responderam por e-mail: keep in touch!
      Tem uma música do Nando Reis ecoando na minha “rádio-mente”:
      “O amor é o calor que aquece a alma
      O amor tem sabor pra quem bebe a sua água”
      Fui!

  10. yu disse:

    É isso aí, putz! não consigo te chamar de Zé…
    Vivendo e aprendendo!
    bjs, yu

  11. Pingback: Novo “alô” do Zé | blogsattva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s