joão-bobo…

Além de agradecer ao apoio e aos lindos comentários do meu post anterior, quero confessar que  me vi pensando preocupado no que deveria escrever no novo post para que vocês gostassem e comentassem tanto quanto o fizeram no anterior; o que não deveria, pois afinal escrevi achando que ninguém iria ler… mas o ego é complicado de se lidar, e é ele que traz esse medo de achar que não vão gostar ou de querer que vocês gostem.

Então resolvi postar alguma coisa inútil, só pra ir contra esse ego, mas vi que não tenho nada de mais inútil que contar do que eu já contei, que foi sobre meu apelido da faculdade… 🙂

Bom, estou em Curitiba para acertar as últimas pendências da venda do carro e vi as notícias da corrida de Formula 1 onde o piloto Felipe Massa deixou o companheiro de equipe Fernando Alonso passar. Assim não posso deixar de pensar que uma pessoa deixa que outro vença para ajudar ao companheiro em detrimento do próprio desejo de vitória é uma pessoa compassiva e altruísta. Mas somente ele pode dizer realmente o que o motivou a isso, se foi a ajuda ao companheiro ou ao medo de perder um posto tão cobiçado quanto o de um piloto titular de uma equipe como a Ferrari.

Tentar dominar o ego e às oscilações que este sofre não é fácil. Imaginar a felicidade e a decepção seguida pelo carinho e até admiração de milhões de fãs que o mesmo piloto passou no final do GP do Brasil de 2008, onde ganhou a corrida e na última volta e por um único ponto, perdeu o campeonato. Mas no final saiu como herói, aquele que não desiste nunca prometendo continuar na “briga” pelo título do próximo ano. E neste domingo que passou, fez o que fez pela razão que só ele sabe.

Não quero aqui criticar nem apoiar, só observar quanto difícil é lidar com essas oscilações do ego que nos faz jogar de um lado para outro igual aqueles bonecos do tempo de criança chamados joão-bobos.

Poetas, compositores e escritores trabalham e vivem dessas oscilações, para nos assustar, chorar ou rir de nossa própria tendência a essa instabilidade. E deixar de ser um joão-bobo e ser mais estável emocionalmente requer esforço e dedicação, mas é algo que todos devemos buscar. Afinal, desejos e medos sempre moveram a maioria das pessoas, de poetas a artistas, mas inclusive aos crimes passionais, a psicopatas e assassinos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Persistência. Bookmark o link permanente.

4 respostas para joão-bobo…

  1. kity disse:

    Legal essa tua idéia de escrever eu ainda não tinha visto os eu blog.
    Você vai mudar de Curitiba?
    bjo

    • Fabio Seiti disse:

      Oi Kity,
      Não é só meu, é também de praticantes que frequentam o Odsal Ling, moradores ou não.
      Quanto a mim, deixei o trabalho e estou morando lá no templo, como staff, faz um mês aprox… 🙂
      Bjs

  2. Marcelo Thiollier disse:

    Budê, neste caso, meio que cai em seara conhecida: o direito; não foi ego, altruísmo, egoismo, competitismo, ou algum ismo-ismo especial, não. Esse ismo chama-se contrato, que ele é obrigado a respeitar para poder ganhar os milhões de dolares que todo ano ganha. Nada contra, fico feliz por ele. Quanto à perda do campeonado de 2008 por um ponto, foi só Karma, o carro era a pizza e o entregador a equipe. E, infelizmente, joão-bobo, todos somos, basta um vento kármico soprar um pouco forte e lá vamos nós… montanha russa acima ou abaixo, até em forma de coração ( ver Post do Clóvis em http://bit.ly/bVzXxn ) … “imo”

  3. Lincon Machado disse:

    Olá Budao,quando tempo meu brother!Legal saber que voce está feliz,na sua nova caminhada!Afinal estamos aqui de passagem,Abç… mande seu fone qualquer dia desses te ligo pra gente bater papo!Quando ira aparecer?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s